Browse by title

You are looking at 1 - 10 of 253,794

Restricted access

Dafydd Sills-Jones, Jouko Aaltonen and Pietari Kaapa

Forthcoming
Restricted access

Giving with an Agenda

How New Philanthropy Advocates for the Corporate Reform of Education

Marina Avelar

Forthcoming
Restricted access

Maria Bastianes

Forthcoming
Restricted access

Civic Engagement in Diverse Latino/a Communities

Learning from Social Justice Partnerships in Action

Mari Castañeda and Joseph Krupczynski

Restricted access

Patrick Maxime Michel

Restricted access

Systemic Collapse and Renewal

A Narrative Account of How Race and Capital Came to Destroy Meaning and Civility in America and Foreshadow the Coming Economic Depression

Greg Tanaka

Restricted access

Bethania Sampaio Correa Mariani

Colonização linguística e outros escritos representa um longo caminho de pesquisas que realizei e publiquei nos últimos 15 anos sobre os destinos da língua portuguesa em alguns territórios colonizados por Portugal. O livro como um todo traz resultados desse percurso marcado, sobretudo, por uma questão central: quais os sentidos de língua portuguesa como língua de colonização e, posteriormente, de descolonização? Ao longo do livro, ao estabelecer os sentidos para língua portuguesa em nações colonizadas, percebe-se o apagamento da diversidade linguística bem como o silenciamento da heterogeneidade constitutiva das próprias línguas de colonização. Tanto durante a colonização linguística, como durante os processos políticos de descolonização, nos países assumidamente multilíngues, a gramatização com base em gramáticas e dicionários não resultou simplesmente em uma descrição das línguas para dotá-las de instrumentos linguísticos necessários ao seu ensino e aprendizado. Ao contrário, se o processo de gramatização produziu no Ocidente, durante as grandes descobertas, formas de conhecimento linguístico e, consequentemente, de domínio sobre as línguas e culturas das terras desconhecidas, gramatizar línguas línguas autóctones no século XX em países que se encontram em processo de descolonização pode ser, mais uma vez, dividir sociedades e excluir sujeitos com base na língua que falam. A originalidade de Colonização linguística está na produção do conceito de colonização linguística e na divulgação de textos históricos, alguns ainda inéditos sobre a colonização brasileira e moçambicana.

Restricted access

Series:

Elisabeth B. Thompson-Hardy

Child beauty pageants are a phenomenon in rural communities throughout the American South. Girlhood, Beauty Pageants and Power: Trailer Park Royalty explores the participants who compete in these pageants and shows that most are from the lower socio-economic bracket. A bricolage of post-structural feminism, critical ethnographies, critical hermeneutics, and cultural studies lenses analyzes how the performances of participants and the power exercised by the beauty pageant culture work to formulate girls' identities. Analysis in Girlhood, Beauty Pageants and Power will also include how power operated to perpetuate this subculture and its right to dictate norms for beauty and acceptance and will be situated in the culture of girlhood. Examination of what is depicted in popular culture through film, videos, documentaries, and television shows will also add to the dialogue. I suggest that the rural beauty pageant culture does work to create girlhood identity and a way in which the participants view the world and themselves. In fact, I believe that the rural beauty pageant culture does intricate cultural work in terms of gender and class. This book is intended for students and teachers who are interested in dissecting rural girlhood and development, Southern American beauty standards, and the effect of the media on girls' identities.

Restricted access

THE SINO-AFRICAN PARTNERSHIP

A GEO-POLITICAL ECONOMY APPROACH

Earl Conteh-Morgan