Show Less
Restricted access

Etnicidade Linguística em Movimento

Os Processos de Transculturalidade Revelados nos Brasileirítalos do Eixo Rio de Janeiro-Juiz de Fora

Series:

Mario L. M. Gaio

Este trabalho discute língua, cultura e sociedade. Interessa à sociolinguística, mas também a outros campos do saber nas ciências sociais. A composição multiétnica da população brasileira é profundamente marcada por traços culturais de diversos povos, entre os quais o italiano. A imigração italiana deixou marcas culturais importantes em seus descendentes, tornando-os sujeitos transculturais. O aporte teórico se fundamenta em estudos de Contato de Línguas, Redes Sociais, Comunidades de Prática, Identidade, «Belonging» e Transculturalidade. A metodologia utilizada constitui-se de aplicação de entrevistas semiestruturadas a descendentes de italianos analisadas sob a perspectiva da Ecolinguística. O ecossistema cultural desses indivíduos revela a manifestação da etnicidade em movimento.

Show Summary Details
Restricted access

References / Referências

Extract



AGAR, M. Language Shock. New York: William Morrow & Co, Inc., 1994.

ANDRADE, O. Manifesto Antropófago. Revista de Antropofagia, ano I, n. 1. São Paulo, 1928.

ANG, I. On not speaking Chinese. Living between Asia and the West. London: Routledge, 2001.

ANTHIAS, F. Belongings in a Globalising and Unequal World: rethinking translocations. University of East London, 2006. Disponível em https://www.researchgate.net/publication/265280705.

–. Identity and Belongin: conceptualisations and political framings. KLA Working Paper Series No. 8; Kompetenznetz Lateinamerika – Ethnicity, Citizenship, Belonging, 2013. (http://www.kompetenzla.uni-koeln.de/fileadmin/WP_Anthias.pdf.).

AVERILL, J. R. Anger and Agression: an Essay on Emotion. New York: Springer-Verlag, 1982.

BAGNO, M. Português ou brasileiro?: Um convite à pesquisa. São Paulo: Parábola, 2001.

–. O que é uma língua? Imaginário, ciência & hipóstase. In.: LAGARES, X. C. & BAGNO, M. (orgs.) Políticas da norma e conflitos linguísticos. São Paulo: Parábola, p. 355–387, 2011.

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.