Show Less
Restricted access

Collecçam dos Papeis Anonymos

Editada por Hans Fernández e Pascal Striedner

Series:

Bento Morganti

Edited By Hans Fernández and Pascal Striedner

A Collecçam dos Papeis Anonymos constitui o primeiro texto do gênero spectator aparecido na península ibérica. Atribuída ao religioso Bento Morganti, a obra circulou na cidade de Lisboa — num contexto marcado pela Censura e Inquisição — em forma de folhas volantes entre os anos de 1752 e 1754. Ao longo de quatro coleções e 44 números, sua instância narrativa reflete com base em um pensamento próprio do Iluminismo sobre a necessidade de transformar a sociedade portuguesa, especialmente por meio da educação, com a finalidade de levá-la ao nível das mais avançadas da Europa.

A presente edição diplomática dá a conhecer o «Manuscrito de Coimbra» e tenta contribuir para a pesquisa dos spectators em Portugal.

Show Summary Details
Restricted access

Sobre a bebedisse

Extract



ENtre algumas cousas divertidas, que encontro por estas partes, sam os ajuntamentos, que aos Domingos, e dias Santos se fazem ao pè de algumas ermidas de Baco, cujas ceremorias ordinarias principiam em hum jogo de bolla, q̃ junto a ellas armam os Ermitaès para mais convidarem os seus costumados Romeiros, aonde trabalhando incessantemente hum dia inteiro, vem buscar o descanço de huma semana laboriosa. Acaba-se o jogo, que quasi sempre, como dizem, he para vir, e com esta deligencia anda o [90] pichel em hum moto continuado de cà para là, e de là para cà sem cessar, e em breves audiencias observo quantidade daquelles homens com o juizo artificiosamente voltado, de sorte, que nam sei se me heide compadecer de sua miseria, ou rir de sua interina loucura. E he muito para admirar ver o desvanecimento, que concebem em ser cada hum o que mais bebe, ou segundo a sua expressam costumada, o que mais puxa. Nisto com discredito seu, e divertimento dos mais descobrem muitas vezes o que tem occulto com a cautela, e dam a cónhecer quasi todas as suas inclinaçoens, descobrem os seus interesses, fazem publicas as suas idéas, e mostram toda a fraqueza de seu espirito; e em huma destas occazioens me occorreo o que diz Horacio A. P. vers. 434.

Reges ducuntur multis urgere culullis,

Et torquere mero, quem perspexisse laborent

An sit amicitiâ dignus.

Que quer dizer: Dizem,...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.