Show Less
Restricted access

Collecçam dos Papeis Anonymos

Editada por Hans Fernández e Pascal Striedner

Series:

Bento Morganti

Edited By Hans Fernández and Pascal Striedner

A Collecçam dos Papeis Anonymos constitui o primeiro texto do gênero spectator aparecido na península ibérica. Atribuída ao religioso Bento Morganti, a obra circulou na cidade de Lisboa — num contexto marcado pela Censura e Inquisição — em forma de folhas volantes entre os anos de 1752 e 1754. Ao longo de quatro coleções e 44 números, sua instância narrativa reflete com base em um pensamento próprio do Iluminismo sobre a necessidade de transformar a sociedade portuguesa, especialmente por meio da educação, com a finalidade de levá-la ao nível das mais avançadas da Europa.

A presente edição diplomática dá a conhecer o «Manuscrito de Coimbra» e tenta contribuir para a pesquisa dos spectators em Portugal.

Show Summary Details
Restricted access

Sonho moral.

Extract



D Epois de ter revolvido varios daquelles papeis para ver em que havia pegar primeiro, como naõ faço esta diligencia se naõ quando quero fazer horas para me deitar, apertou como o sono, e naõ tive mais remedio, que ceder ás suas forças, e dar lugar a que fizesse de mim o que lhe pareceo. Encosteime hum pouco com tençaõ de naõ ser por muito tempo, mas enganeime de meyo a meyo: porq̃ pegou em mim de taõ de võtade, que assim vestido, inteiro, e entregado passei toda a noite sem mudar de sitio. Acordei pela manhan, vi o dia claro, e disse comigo: boa a fiz; isto para a saude he [34] huma maravilha; naõ havia osso que me naõ doesse, porque fiquei com o corpo torcido, encostado a hum braço, o pescoço dependurado, e todo eu feito em hum novello. Mas tudo isto me pareceu nada àvista de gosto, que tive lembrando-me do que sonhei em todo aquelle tempo; e nesta ocasiaõ acabei de conhecer, que naõ ha cousa mais certa, que sonhar hum homem dormindo o que muitas vezes fala acordado; ou que retendo a idèa muitas especies do que se pratìca de dia, fórma a imaginaçaõ as praticas, as vistas, os passeos, as negociaçoens, e outras cousas semelhantes de que se excitam os sonhos; o como isto se faz, corre por conta dos Medicos; e certo he, que eu sonhei com o mesmo...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.