Show Less
Restricted access

Nos passos de Aquilino

Series:

Edited By Maria Joao Reynaud, Francisco Topa and John Thomas Greenfield

A edição de Nos passos de Aquilino encerra um ciclo de homenagens a Aquilino Ribeiro (1885–1963), o Autor de A Casa Grande de Romarigães. Assinados por reconhecidos especialistas e investigadores de mérito, provenientes de diversos pontos do país e de França, os estudos aqui compilados procuram contrariar a tendência relativamente recente para o esquecimento de uma obra que alimentou o imaginário de sucessivas gerações de leitores e que constitui, hoje como ontem, um impressionante repositório da nossa língua viva. Embora muitas facetas do trabalho de Aquilino tenham ficado por debater, os passos aqui dados na peugada deste Mestre ficarão como um contributo digno para a celebração do cinquentenário da sua morte.
Show Summary Details
Restricted access

Elsa Pereira - Itinerário de uma reescrita: Filhas de Babilónia e Andam Faunos pelos Bosques, de Aquilino Ribeiro

Extract

| 181 →

Elsa Pereira

FCT (SFRH/BPD/92155/2013)

U. Lisboa / CLUL

U. Porto / CITCEM

Itinerário de uma reescrita: Filhas de Babilónia e Andam Faunos pelos Bosques, de Aquilino Ribeiro

Resumo: Nas suas primeiras edições, o volume Filhas de Babilónia (1920) era composto por três novelas: “Os olhos deslumbrados”, “Maga das ruas” e “O derradeiro fauno”. A partir da quinta edição, Aquilino Ribeiro introduz todavia uma série de alterações, dando origem ao surgimento de uma nova obra: o romance Andam Faunos pelos Bosques (1926), que empreendia uma profunda reescrita de “O Derradeiro Fauno”. Cotejando as onze edições autorais vindas a lume ao longo de cinquenta anos, este artigo procura sistematizar as principais alterações empreendidas em cada versão destas obras.

Abstract: In its first editions, the volume Filhas de Babilónia (1920) was composed of three novellas: “Os olhos deslumbrados”, “Maga das ruas” and “O derradeiro fauno”. However, from the fifth edition onwards, Aquilino Ribeiro introduced a series of changes which gave rise to a new work, the novel Andam Faunos pelos Bosques (1926): this represented a profound reworking of “O Derradeiro Fauno”. By collating the eleven editions which appeared during a fifty-year period, this article attempts to systematize the principal changes undertaken in each version.

«Alcança quem não cansa» dizia a legenda do ex-libris que Aquilino Ribeiro mandou compor em 1932, sobre um...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.