Show Less
Restricted access

Contributions to Theory and Comparative History of Historiography

German and Brazilian Perspectives

Series:

Edited By Luiz Estevam de Oliveira Fernandes, Luísa Rauter Pereira and Sérgio da Mata

This book bears witness to the tightening of bonds that has been taking place among the Brazilian and the German historiographical communities in the last years. It presents a wide array of historiographical issues by various scholars: the role played by history writing in modern processes of nation-building, Alexander von Humboldt’s indirect Brazilian experience, the humanistic and methodical legacies of 19 th century German historical thinking, current perspectives in the history of concepts, and the potentials and limits of history as a means for political education.
Show Summary Details
Restricted access

Abstracts

Extract



Português

O diálogo entre alemães e brasileiros no campo do conhecimento histórico se iniciou relativamente cedo. Em 1845 era publicada a dissertação do naturalista Carl Friedrich von Martius Como se deve escrever a história do Brasil. Não muito tempo depois, em 1860, vem a lume a História do Brasil de Heinrich Handelmann, então catedrático em Kiel. Da Escola de Recife a Capistrano de Abreu, de Sérgio Buarque de Holanda à enorme influência de que desfrutou o marxismo ao longo da segunda metade do século XX, a historiografia brasileira sempre se manteve em contato, ora maior, ora menor, com o pensamento histórico alemão. Mas se até relativamente pouco tempo se podia falar em algo como „trocas desiguais no mercado historiográfico“ (Carlo Ginzburg), a última década mostra um desenvolvimento diferente. De um lado, o interesse pela tradição e pela língua alemã readquiriu força nos meios historiográficos brasileiros. De outro, os desenvolvimentos recentes da pesquisa histórica feita no Brasil têm sido acompanhados com curiosidade crescente na Alemanha. Multiplicam-se os sinais de que as duas comunidades historiográficas caminham atualmente no sentido de um crescente estreitamento de laços e de intensificação de projetos comuns.

Em 2013, por ocasião do Ano Brasil-Alemanha, o Simpósio Brasileiro de História da Historiografia (Universidade de Ouro Preto, 12 a 15 de agosto) teve por objetivo contribuir...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.