Show Less
Restricted access

Collecçam dos Papeis Anonymos

Editada por Hans Fernández e Pascal Striedner

Series:

Bento Morganti

Edited By Hans Fernández and Pascal Striedner

A Collecçam dos Papeis Anonymos constitui o primeiro texto do gênero spectator aparecido na península ibérica. Atribuída ao religioso Bento Morganti, a obra circulou na cidade de Lisboa — num contexto marcado pela Censura e Inquisição — em forma de folhas volantes entre os anos de 1752 e 1754. Ao longo de quatro coleções e 44 números, sua instância narrativa reflete com base em um pensamento próprio do Iluminismo sobre a necessidade de transformar a sociedade portuguesa, especialmente por meio da educação, com a finalidade de levá-la ao nível das mais avançadas da Europa.

A presente edição diplomática dá a conhecer o «Manuscrito de Coimbra» e tenta contribuir para a pesquisa dos spectators em Portugal.

Show Summary Details
Restricted access

Sobre a Escultura, ou Estatuaria.

Extract



JA que principiei a falar das bellas Artes intimando ao publico a sua utilidade, a sua necessidade, e a estimaçaõ, e amor que a ellas devemos ter, he justo que acabe esta materia, que me parece naõ deixa de ser recomendavel na memoria dos homens. Faley da Arquitectura, e da Pintura, e cuido q̃ mostrei, se naõ tudo, ao menos o q̃ bastava a respeito destas duas Artes, rezervando para agora tratar da sua irman, ou companheira a Esculptura, por ser igualmente necessaria para o adorno do mundo politico. Nam faltará quem diga, q̃ pouca, ou nenhua utilidade póde rezultar de hum discurso desta natureza, mas será porque ou ignoram a utilidade desta illustre Arte, ou porque se naõ querem instruir no conhecimento do util, e só lhe [18] agrada o que superficialmente os diverte sem reflectir em qual deve ser a justa, e prudente diversam de hum espirito polido. Estas instrucçoens naõ tam para provocar o rizo, sam sim para excitar a reflexam; sam para introduzir a substancia, e naõ para dar lugar aos accidentes. Se á mais tempo tivesse o publico o socorro destes discursos, e os fizesse familiares, talvez que o commum da Naçam se achasse mais bem instruido em tudo o que póde dizer respeito à vida civil, porque esta liçam naõ deixa certamente de ser util a todo o genero de pessoas, exceptuando os doutos porque estes a nam necessitam; e como se pódem animar os genios para...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.