Loading...

Interculturalidade e plurilinguismo nos discursos e práticas de educação e formação

Contextos pós-coloniais de língua portuguesa

by Maria Helena Araujo e Sa (Volume editor) Carla Maria Ataíde Maciel (Volume editor)
Edited Collection 422 Pages

Table Of Content

  • Cover
  • Title
  • Copyright
  • Sobre o autor
  • Sobre o livro
  • Este eBook pode ser citado
  • Sumário
  • Índice de figuras e gráficos
  • Índice de Tabelas
  • Tabela de Acrónimos
  • Apresentação
  • Parte I. Plurilinguismo e interculturalidade nos discursos de educação e formação
  • 1. Português e inglês na história do multilinguismo indiano: relações interculturais no contexto das políticas linguísticas educacionais
  • 2. Imprensa colonial e literatura: espaços de reflexão e resistência
  • 3. A língua e a cultura do Outro no discurso oficial português sobre educação e formação nos países africanos de língua oficial portuguesa
  • 4. Panorama linguístico de São Tomé e Príncipe: discursos, representações e impacto(s) no sistema educativo
  • 5. Multilinguismo e interculturalidade: um olhar para a formação de professores de línguas na Universidade Pedagógica de Maputo
  • 6. Análise da perspetiva intercultural em programas e manuais de ensino do Francês Língua Estrangeira em Moçambique
  • 7. O ensino do Português em Macau no ensino básico e secundário: caminhos
  • Parte II. Plurilinguismo e interculturalidade nas práticas de educação e formação
  • 1. Nós, os nossos vizinhos e os que vieram daquela lonjura: o desenho como dispositivo de investigação em contextos multi/plurilingues
  • 2. Educação linguística intercultural: redes sociais e autorrepresentação indígena nas aulas de Português Intercultural
  • 3. Aspetos linguísticos e culturais sobre o ensino de interpretação chinês-português em Macau
  • 4. Vozes sobre culturas e línguas indo-arianas: que possibilidades para uma didática do plurilinguismo?
  • Parte III. Educação bilingue, bilinguismo e empoderamento social
  • 1. Ensino bilingue em Moçambique: análise de algumas opções didático-metodológicas na produção de materiais e do seu impacto para além do nível mais imediato da escola
  • 2. Políticas, materiais, conteúdos da educação bilingue e a interculturalidade em Moçambique
  • 3. O português e o kimbundu no contexto linguístico angolano. Contributos para uma educação bilingue
  • 4. A Educação linguística em Cabo Verde: atitudes e representações dos professores
  • Posfácio: Aprendendo com os países “lusófonos”, onde se fala muito mais do que a língua portuguesa
  • Referências bibliográficas
  • Documentos referidos
  • Anexos
  • Anexo 1. Corpus analisado
  • Anexo 2. Desenhos dos alunos
  • Anexo 3. Questionário sociolinguístico
  • Anexo 4. Questionário sobre os professores e a educação linguística em Cabo Verde
  • Quadro de Autores

←9 | 11→

Índice de figuras e gráficos

Parte I. Plurilinguismo e interculturalidade nos discursos de educação e formação

Figura 3.1. Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (CICL) in Relatório de Atividades 2014 – Síntese (2015, p. 12)

Figura 7.1. População de Macau. Fonte: Direção de Serviços de Estatística e Censos (2019). ​

Figura 7.2. Distribuição populacional por ascendência. Fonte: Direção de Serviços de Estatística e Censos (2019).

Figura 7.3. Domínio de línguas. Fonte: Direção de Serviços de Estatística e Censos (2019).

Figura 7.4. População que nasceu no exterior segundo o local de residência anterior e o tempo total de permanência em Macau. Fonte: Direção de Serviços de Estatística e Censos (2019).

Parte II. Plurilinguismo e interculturalidade nas práticas de educação e formação

Figura 2.1. Postagem geradora das respostas dos estudantes indígenas ao discurso da apresentadora de TV

Figura 2.2. Comentário de estudante Kuikuro

Figura 2.3. Comentário de estudante Guajajara

Figura 2.4. Comentário de estudante Bororo

Gráfico 4.1. Formas de contato com as línguas indo-arianas

Gráfico 4.2. Perceção dos sujeitos indianos sobre a presença das suas culturas e línguas indo-arianas no quotidiano dos moçambicanos

←11 | 12→

Gráfico 4.3. Distribuição dos sujeitos não indianos em relação a crenças relativamente a indianos que vivem em Moçambique

Gráfico 4.4. Distribuição dos sujeitos não indianos em relação a crenças relativamente a indianos que vivem em Moçambique tendo em conta o convívio com culturas e línguas indo-arianas

Gráfico 4.5. Imagens dos indianos por sujeitos não indianos

Parte III. Educação bilingue, bilinguismo e empoderamento social

Figura 2.1. Sala de aula da 1.ª Classe da Escola Primária Completa de Vila Rosa, 29/10/2015

Figura 2.2. Turma da 2.ª Classe da Escola Primária Completa de Vila Rosa, 29/10/2015

Figura 2.3. Conceito de sala de aula do livro de Xichangana. Fonte: Langa, J., Manjate, C., Cossa, V.F., & Nharri, R. Livro de Xichangana, 1.ª Classe. Maputo: INDE e Imprensa Universitária, 2004a.

Figura 2.4. Exemplo intercultural de limpeza do espaço no livro de Xichangana, 4.ª Classe. Fonte: Langa, J., Manjate, C., Cossa, V.F., & Nharri, R. Livro de Xichangana, 1.ª Classe (p.121). Maputo: INDE e Imprensa Universitária, 2004a.

Figura 2.5. Exemplo intercultural de higiene pessoal no livro de Xichangana, 4.ª Classe. Fonte: Langa, J., Manjate, C., Cossa, V.F., & Nharri, R. Livro de Xichangana, 4.ª Classe (p. 123). Maputo: INDE e Imprensa Universitária, 2004b.

Figura 2.6. Exemplo de um casamento intercultural no livro de Xichangana, 4.ª Classe, Vol.1. Fonte: Langa, J., Manjate, C., Cossa, V.F., & Nharri, R. Livro de Xichangana, 4.ª Classe (p. 12). Maputo: INDE e Imprensa Universitária, 2004b.

←12 | 13→

Índice de Tabelas

Parte I. Plurilinguismo e interculturalidade nos discursos de educação e formação

Tabela 6.1. Número de nomes de personagens em função da sua pertença/origem

Tabela 6.2. Número de textos segundo sua ancoragem

Tabela 6.3. Número de locais em função da sua origem

Tabela 6.4. Dados cumulativos das três categorias em análise

Parte II. Plurilinguismo e interculturalidade nas práticas de educação e formação

Tabela 1.1. Folha de recolha dos desenhos dos alunos

Tabela 1.2. Grelha de análise qualitativa dos desenhos

Tabela 1.3. Distribuição dos grupos nacionais representados nos desenhos por sexo e por nacionalidade

Tabela 4.1. Sujeitos inquiridos e entrevistados

Tabela 4.2. Línguas indo-arianas faladas pelos inquiridos indianos das diversas comunidades

Tabela 4.3. Opinião dos sujeitos indianos relativamente ao ensino das culturas indo-arianas na escola

Tabela 4.4. Opinião dos indianos relativamente a aspetos da cultura indiana que podem ser ensinados na escola

←13 | 14→

Parte III. Educação bilingue, bilinguismo e empoderamento social

Tabela 3.1. Caracterização da amostra em termos do género

Tabela 3.2. Caracterização da amostra em termos do local de nascimento

Tabela 3.3. Caracterização da amostra em termos de língua materna

Tabela 3.4. Caracterização da amostra em termos de língua falada na família

Tabela 3.5. Caracterização da amostra em termos de língua falada entre amigos

Tabela 3.6. Caracterização da amostra em termos de conhecimento da língua portuguesa e kimbundu

Tabela 4.1. Idade e sexo dos sujeitos respondentes

Tabela 4.2. Razões pelas quais escolheu ser professor de LP

Tabela 4.3. Razões pelas quais escolheria a LM e porquê

Tabela 4.4. O que dizem os alunos sobre a aprendizagem da LP?

Tabela 4.5. Grau de facilidade na aprendizagem da LP

Tabela 4.6. O que pensa da atividade de ensinar a LP em Cabo Verde?

Tabela 4.7. O que pensa das implicações da LCV no ensino e na aprendizagem da LP? Porquê?

Details

Pages
422
ISBN (PDF)
9782807617568
ISBN (ePUB)
9782807617575
ISBN (MOBI)
9782807617582
ISBN (Book)
9782807617551
Language
Portugues
Publication date
2021 (April)
Published
Bruxelles, Berlin, Bern, New York, Oxford, Warszawa, Wien, 2021. 422 pp., 52 fig. col., 7 fig. b/w, 24 tables.

Biographical notes

Maria Helena Araujo e Sa (Volume editor) Carla Maria Ataíde Maciel (Volume editor)

Maria Helena Araújo e Sá é professora do Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro, Portugal, onde trabalha nas áreas do plurilinguismo, intercompreensão e interculturalidade. É diretora do Programa Doutoral em Educação e coordenadora cientifica do Centro de Investigação em Didática e Tecnologia na Formação de Formadores. Carla Maria Ataíde Maciel é professora da Universidade Pedagógica de Maputo, Moçambique, onde exerce funções de Diretora Científica. Trabalha na formação de intérpretes e de professores de português língua segunda e de inglês língua estrangeira. É membro da Comissão Nacional do Instituto Internacional de Língua Portuguesa.

Previous

Title: Interculturalidade e plurilinguismo nos discursos e práticas de educação e formação