Show Less
Restricted access

O comportamento linguístico dos emigrantes portugueses na Áustria

Cláudia Fernandes

Com o regresso da emigração ao quotidiano português, tornou-se manifesto que o fenómeno adquiriu contornos diferentes em comparação às vagas de emigrantes anteriores. Esta investigação centrou-se nos portugueses residentes na Áustria e procurou descrever o comportamento da língua portuguesa em contacto com as diferentes línguas estrangeiras com as quais convive em contexto austríaco e as consequências daí decorrentes. Por exemplo, em que medida há interferências de outras línguas, quais as estratégias dos falantes para gerir as suas competências linguísticas, quais as áreas mais permeáveis a transferências, etc. Como se trata de uma comunidade recente e não muito numerosa, os fenómenos linguísticos puderam ser observados ainda numa fase inicial.
Show Summary Details
Restricted access

VIII Bibliografia

Extract



ALMEIDA, José M.P. (2001). A transferência linguística e a tradução – Barreira à tradução ou eficaz solução comunicativa(?). Tese de mestrado apresentada à Universidade do Porto.

AMMON, Ulrich; Norbert DITTMAR; Klaus J. MATTHEIER e Peter TRUDGILL (2005). Sociolinguistics / Soziolinguistik, Volume 2. Berlin, New York: Walter de Gruyter.

AUER, Peter (org.) (1998). Code-Switching in Conversation – Language interaction and Identity. London: Routledge.

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.