Show Less
Restricted access

Collecçam dos Papeis Anonymos

Editada por Hans Fernández e Pascal Striedner

Series:

Bento Morganti

Edited By Hans Fernández and Pascal Striedner

A Collecçam dos Papeis Anonymos constitui o primeiro texto do gênero spectator aparecido na península ibérica. Atribuída ao religioso Bento Morganti, a obra circulou na cidade de Lisboa — num contexto marcado pela Censura e Inquisição — em forma de folhas volantes entre os anos de 1752 e 1754. Ao longo de quatro coleções e 44 números, sua instância narrativa reflete com base em um pensamento próprio do Iluminismo sobre a necessidade de transformar a sociedade portuguesa, especialmente por meio da educação, com a finalidade de levá-la ao nível das mais avançadas da Europa.

A presente edição diplomática dá a conhecer o «Manuscrito de Coimbra» e tenta contribuir para a pesquisa dos spectators em Portugal.

Show Summary Details
Restricted access

Sobre os Eclypses.

Extract



HUma das couzas mais ordinarias a que estam sogeitos os Astros he padecer Eclipses, porque movendo-se sempre incessantemente com hum curso diutumo; e perpetuo necessariamente devem passar huns pelos outros com cuja passagem, mediando tambem a interposição da sombra da terra, ham de [82] padecer oscuraçam na sua luz. Os mais frequentes Eclipses sam os dos Satelites de Jupiter, porém os mais conhecidos ao commum, a quem falta o estudo, a aplicaçaõ particular da ciência de Astronomia, saõ os dois Planetas mayores o Sol, e a Lua, e como destes Eclipses por serem mais sensiveis, he mais geral o su conhecimento, daremos em beneficio dos curiosos alguma noticia sobre esta parte da Astronomia, sem entrarmos a tratar especificamente della por naõ ser o meu intento nestas folhas volantes fazer tratados, mas communicar algumas instrucçoens, que ao mesmo tempo divirtam, sirvam tambem de utilidade aos curiosos leitores, e para isto me deo occasiam ver, e ouvir muitas pessoas que julgaõ esta necessaria consequencia do movimento destes Planetas por huma cousa extraordinaria, e como conceito erroneo lhe atribuem influencias particulares, quando he cousa regular o tempo periodico com que succedem semelhantes phenomenos, ainda que os antigos formavam delles huma idéa medonha como presagios das mais funestas afliçoens, e consequencias, o que ha muito tempo tem desterrado como abuzo, a deligencia, e trabalho dos modernos. Para entrar neste trabalho, me deo occaziaõ mais proxima o nosso Diario Eclesiastico, vulgarmente chamado a Folhinha, porque...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.