Show Less
Restricted access

Marcadores discursivos. O português como referência contrastiva

Series:

Edited By Isabel Margarida Duarte and Rogelio Ponce de León

Marcadores discursivos. O português como referência contrastive reúne um conjunto de estudos que analisam marcadores discursivos do português europeu em confronto com outras línguas. A base de referência são corpora, traduções e outros recursos linguísticos relevantes. Os trabalhos incluídos no presente volume mostram a importância crucial da perspetiva contrastiva na análise dos marcadores discursivos, para a tradução, o ensino de línguas estrangeiras e a descrição linguística em geral. A relevância do livro advém de colocar os marcadores discursivos do português como centro da reflexão e da análise contrastiva. Saliente-se a variedade de pontos de vista teóricos, de discursos nos quais se analisam os marcadores, de línguas cujos marcadores são confrontados com os do português europeu.

This volume contains a bilingual introduction and an English summary for every contribution.

Discourse Markers. Portuguese as a contrastive reference brings together a set of studies that analyze discourse markers of European Portuguese in comparison with other languages. The analysis is based on corpora, translations and other relevant linguistic resources. The works included in this volume show the crucial importance of the contrastive perspective in the analysis of discourse markers, for translation, teaching foreign languages and linguistic description in general. The relevance of the book comes from placing Portuguese discourse markers as the center of reflection and contrastive analysis. We highlight the variety of theoretical points of view, of discourses in which the markers are analyzed, of languages whose markers are compared with those of European Portuguese.

Show Summary Details
Restricted access

Autonomia e interdependência linguística no uso dos marcadores discursivos por falantes poliglotas em línguas românicas (Christian Koch)

Extract

Christian Koch

Resumo: A aquisição dos marcadores discursivos no contexto da aprendizagem de línguas estrangeiras forma parte da pesquisa linguística e didática sobre os desafios da descrição e do ensino destas pequenas palavras. Neste artigo, discutimos a pergunta se o uso de marcadores discursivos em línguas estrangeiras se determina por influências da língua materna e de outras línguas anteriormente adquiridas ou se a estruturação discursiva se caracteriza por fenómenos universais da interlíngua ou por usos específicos em cada língua no sentido de sistemas mentais autónomos. A base da análise é um corpus com narrações de 15 falantes poliglotas com quatro ou mais línguas românicas por pessoa. Estas constelações linguísticas múltiplas constituem uma nova abordagem metodológica para o campo de pesquisa em cross-lingustic interaction e em aquisição de marcadores discursivos. Os resultados mostram que a questão de autonomia e de interdependência não se pode manifestar em uma única direção, mas oferece evidências para uma combinação de ambos os conceitos.

Palavras-chave: aquisição, cross-linguistic interaction, autonomia, poliglotas

Abstract: The acquisition of markers in the context of foreign language learning is part of the linguistic and didactic research on the challenges of describing and teaching these small words. In this article, we discuss the question whether the use of discourse markers in foreign languages is determined by the...

You are not authenticated to view the full text of this chapter or article.

This site requires a subscription or purchase to access the full text of books or journals.

Do you have any questions? Contact us.

Or login to access all content.